Biotina: Qual é sua vantagem!

Biotina, ou vitamina B7, é uma vitamina dissolúvel em água que faz parte do complexo de vitamina B – um grupo de nutrientes essenciais primordiais para funções do metabolismo, nervosas, digestivas e cardíacas. A biotina também é um nutriente que auxilia os seres humanos a manterem uma fisionomia jovem e atraente, pois efetua um papel fundamental na preservação da saúde capilar, unhas e pele. Na realidade, a biotina adquire a alcunha de vitamina “H”, que é proveniente das palavras de origem alemã Haar e Haut que significam “cabelo e pele”. A biotina é usualmente colocadas nos utensílios de beleza para cabelo e pele, todavia não se acredite que seja absorvida muito bem pela pele e na realidade deva ser ingerida com o objetivo de ser inteiramente benéfica.

O papel da Biotina

A biotina exerce um papel primordial no corpo. Ela assegura a saúde da pele, sistema nervoso, trato intestinal, metabolismo e células. Um pequeno apontamento indicou que a biotina e outros micronutrientes auxiliaram a curar neuropatia periférica, dor nervosa nas pontas que podem resultar de insuficiência nos rins ou diabetes. Suplementos de biotina foram estudados como tratamento para uma sequência de episódios. A biotina pode minimizar a resistência à insulina e os sintomas nervosos relacionados à diabetes tipo 2. o-que-e-biotina Porém, mais verificações têm de ser feitas. Inúmeras evidências preliminares dizem que a biotina pode ajudar a fortalecer as unhas sensíveis. Outros usos da biotina – para condições como hepatite, perda capilar e Transtorno Depressivo Maior – não são estabelecidos ou não foram testados. Por outro lado, a grande maioria das pessoas não necessita de complementos de biotina. Adquirimos biotina nas refeições de maneira natural. Nossos corpos inclusive reciclam a biotina que já usamos. A deficiência genuína de biotina é bastante rara. As mulheres gestantes ocasionalmente têm reduzidos níveis de biotina, então algumas ingerem suplementos de biotina. As vantagens e os perigos não são claros.

Quanta biotina você deve consumir?

Conforme o Instituto de Medicina da Academia Nacional de o-que-e-biotina Ciências , o valor aconselhado todos os dias da biotina é de trinta microgramas para adultos do gênero masculino e feminino com mais de dezenove anos. Dependendo do caso, o clínico pode prescrever uma quantidade mais alta da biotina. Mesmo em níveis elevados, a biotina parece ser muito confiável. Por outro lado, os pesquisadores não sabem em que dose a biotina pode começar a apresentar riscos à saúde.

Você consegue adquirir biotina normalmente unicamente com as alimentações?

A biotina se acha naturalmente em diversos alimentos. Germe de trigo, cereal integral, pão de trigo integral, ovos, alimentos derivados do leite, amendoim, nozes de soja, acelga, salmão e frango todos estes são fontes de biotina. Biotina pode ser encontrada também em alimentos como carnes orgânicas, ovos, abacate, couve-flor, bagas, peixe, verduras e cogumelos.

Quais são os perigos de tomar biotina?

A biotina parece ser confiável e extremamente tolerável, mesmo em níveis bastante elevados. A dose máxima segura de biotina ainda é uma incógnita. Caso você tenha algum distúrbio de saúde, está grávida ou amamentando, veja com um clínico antes de tomar complementos de biotina. Não forneça biotina a uma criança, a não ser que um pediatra receite. Caso você tome algum medicamento habitualmente, converse com seu doutor antes de começar a consumir suplementos de biotina. A biotina consegue enfraquecer o poder de certos medicamentos. No entanto, inúmeras drogas podem reduzir a quantidade de biotina, incluindo vários antibióticos. Inúmeros medicamentos contra a epilepsia podem reduzir a ingestão de biotina dos alimentos. Um suplemento, ácido lipóico, também pode aumentar a precisão de biotina. Ingerir clara de ovo cru em uma frequência regular pode inclusive diminuir os níveis de biotina no sistema orgânico.

Biotina: Qual é sua vantagem!
Avalie esta postagem

Deixe uma resposta

Scroll to top